COMÉRCIO ELETRÔNICO USA NOVA ESTRATÉGIA E DECIDE INVESTIR EM LOJAS FÍSICAS

size_810_16_9_max-reichel-oppa

Baseado no modelo do empresário alemão Max Reichel, convencido de que os clientes precisavam ver os produtos para querer compra-los, ele resolve ampliar de uma pequena sala para um mostruário de 30 metros, e depois mudou para outro quatro vezes maior, de forma que os produtos ficassem mais expostos e com amplo espaço para os clientes.

Esta decisão de Reichel, inspirou de forma global uma tendência a migração de marcas nascida na internet para locais físicos. A maior varejista online do mundo Amazon, foi que deu o passo mais emblemático, embora ainda tímido. Nos Estados Unidos empresas varejistas online de roupas, óculos, foram mais ousadas e mais agressivas como a: Ginástica Athleta; warby Parker e etc, onde juntas já abriram 134 lojas nos últimos quatro anos.

A forma de expandir nesse movimento da migração virtual para o concreto, é atender uma exigência do consumidor. 55% destes prefere uma experiência mista de acordo com pesquisa, sendo que o processo de compra permite a fase de escolha à eventual troca do produto, tanto online com pessoalmente.

site: exame.abril.com.br/topicos/comercioeletronico

Postado por Francisco Menderson .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s